domingo, 15 de setembro de 2013

Como imprimir, confeccionar e distribuir

Formato do Arquivo

Para visualizar os zines utilize programas que suportam arquivos PDFs como Foxit, Adobe, CoolPDF ou outro de sua preferência.

Impressão
Os panfletos foram desenvolvidos para folha de papel de tamanho A4, de modo a ser dobrado ao meio. Caso possua uma impressora de modelo Duplex (impressão em ambos os lados da folha), escolha esta opção de uso. Certifique-se de que a margem de sua impressora esteja ajustada no zero.
Em impressora Duplex, imprime de forma “a virar sob borda curta”.

Se você não possui impressora que imprima em ambos os lados, faça o seguinte:

  1. Com o arquivo do panfleto aberto, clique em “imprimir”.
  2. Na caixa de diálogo de impressão, configure para imprimir em páginas de índice ímpar e confirme a impressão.
  3. Se a bandeja do equipamento alimenta a impressora retirando o papel pelo lado de baixo da pilha de papel, colete as folhas sem retirar da ordem. Porém se a bandeja alimenta retirando o papel pelo lado de cima da pilha, colete as folhas e reverta a ordem.
  4. Na maioria das impressoras é necessário colocar as páginas novamente com a face virada para trás, de modo que o topo da página fique direcionado para a entrada de alimentação da impressora (clique aqui e veja). Imprima uma página como teste para ver se não está de cabeça para baixo e só então imprima o panfleto por completo.
  5. Configure a impressão para imprimir todas as páginas.

Embora possa parecer complicado de início, com o tempo se paga o jeito.

Encadernação

Para a maioria dos zines uma simples dobra pode ser o suficiente - principalmente se você estiver imprimindo muito zine de tamanho pequeno e possui pouco tempo. Mas se puder, é bom grampear ou, caso contrário, encaderná-los. Deixa uma aparência mais profissional e ajuda a mantê-los unidos, sem perigo das folhas se espalharem no local. Uma necessidade de fato, ao se tratar de livretos com bastante páginas.

Embora você possa usar um grampeador simples com base na tentativa e erro para encadernar em toda a dobra, isso é um pouco trabalhoso e melhor seria se evitado.
A solução comum é com um grampeador do modelo "Saddle Stitch", que é como um grampeador comum porém de base comprida. Pode-se também usar serviços de encadernação prestado por pequenas lojas de artigos de escritórios que confeccionam apostilas e livros ou até mesmo utilizar serviços de gráficas.
Mas caso deseje imprimir livretos em grande número, uma boa solução é adquirir uma encadernadora. É um equipamento que pode ser encontrado em grandes lojas especializadas em produtos de escritório.

Distribuição

Não existe um número certo de local para a apresentação dos materiais. Convenções partidárias, encontros artísticos de conteúdo progressista (saraus, shows de rock e etc), feiras de livros, sebos, faculdades, protestos, bibliotecas, centros de comunidade anarquista e assim por diante. Conheça sua audiência e os busque. Um pouco de planejamento e ser respeitoso e amigável com os demais é o caminho.

É bom poder contar com panfletos e livretos prontos a serem emprestados ou doados, você poderá alcançar um amplo círculo com pequenos esforços. É normal sebos aceitarem fanzines para ser distribuídos em balcões. Caso tenha uma aparência profissional, muitos podem ser comprados pelo representante do local.
Lojas, bares e casas de shows de músicas alternativas/ underground costumam ser bem receptivas a manifestações de outros tipos de cultura underground. Por isso é comum haver distribuição de zines de conteúdo político nestes locais.

Em alguns países, existe um relativo sucesso em buscar audiência nas penitenciárias, no intuito de levar informação aos presos em conjunto com programas sociais. Afinal, quem melhor vivenciou a brutalidade estatal de frente, do qual não possui muita coisa pra ler do que eles?
Enfim, as possibilidades são infinitas.

Sua contribuição para melhorar estas instruções será bem-vinda.